Uso intencional: Lúdio utiliza microfone e equipe para gravar confusão com Botelho

By Redação jul5,2024

O deputado estadual Lúdio Cabral revelou, nas suas próprias redes sociais, que armou toda a situação na sessão desta quarta-feira (3). Ele provocou o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União), e já estava preparado com um microfone e em sua camisa e um cinegrafista em local estratégico para registrar a confusão com um dos adversários na eleição em Cuiabá. O petista vinha provocando o presidente desde antes de entrar no plenário.

Durante a sessão, Lúdio apresentou um projeto de lei que previa a obrigatoriedade da licitação para a operacionalização do BRT e uma tarifa de R$ 1 por cinco anos. Em nenhum momento, Botelho se opôs ao projeto, defendendo o debate e colocando o requerimento de urgência urgentíssima para votação.

No entanto, os parlamentares entenderam que havia necessidade de debater a proposta nas comissões, especialmente devido à questão da tarifa de R$ 1 e à falta de capacidade do Estado para subsidiar o valor. Com isso, Lúdio quis expor os colegas e foi chamado a atenção por Botelho.

Related Post